Novidades

Consultor de seguros alerta sobre o quão perigoso é contratar proteção veicular

Compartilhe:

11/02/2019 - CQCS

Em entrevista ao CQCS o consultor de seguros, Sergio Ricardo, alerta sobre  o quão perigoso é contratar proteção veicular: “Eles dizem que é mais barato que seguro e não se trata de seguro”, frisa o consultor.

Ele acrescenta que é importante diferenciar e deixar claro que o objetivo do seguro é ressarcir o segurado de suas perdas por meio de uma indenização, já a proteção veicular, não tem o mesmo objetivo pois o modelo consiste em rateio dos prejuízos sofridos por todos e não possuem reserva técnica.

Para Sergio Ricardo, as diferenças “entre uma coisa e outra são inúmeras”. A primeira delas, indica o consultor, está na intermediação dos contratos. “Em seguros, a intermediação é feita por corretores de seguros, que são profissionais formados e têm responsabilidade profissional, além de autorização da Susep para atuar”, observa.

Já a segunda diferença é que os corretores de seguros intermediam apólices de seguros (contratos) de seguradoras, que são igualmente autorizadas, reguladas e supervisionadas pela Susep. “Em havendo qualquer dúvida ou mesmo uma reclamação em relação à cobertura do seguro o consumidor pode, portanto, recorrer à Susep para fazer valer os seus direitos’’, conclui.